Travel,  Travel Tips

Travel tips: How to save money in Venice

1. Travel off season.
First of all, you chose wisely the time of the year you’re traveling to Venice.
Not only flights and hotels are more expensive in July and August, but the streets are also crowded with people ( believe me, I went to Venice in August)
Also it was not easy to get a room inside the city of Venice 2 months early. So make sure to make all the reservations in advance especially if you’re going there during Summer.

2. Get a 2 Day waterway pass.
There are only two ways to move inside Venice: By boat or your foot.
Although you will spend a lot of time walking around, sometimes it’s nice to get a ride on a boat and get faster to the hotel or somewhere else you wanna visit.
This pass gives you access to the Murano and Burano islands also, which are totally worth visiting.
Gondolas are beautiful and are a unique experience you won’t get anywhere else in the world, but keep in mind you will pay 80€ for a ride that lasts less than an hour, and the costs go up after sundown.
You can also appreciate the beauty of the canals in the waterways wile you’re going to your next stop or just go for a ride with no destiny just to appreciate the wonders of Venice.

3. You should think twice about having a full meal in such prime tourist areas in Venice.
You can’t blame proprietors for practicing high prices because they also need to pay their rent. But you don’t need to eat always with a view over the Grande Canal.
It’s in more remote places you’ll find lower prices and fewer tourists. You might also find something closer to an authentic Venetian meal. To be honest the best pasta I ate in my life was in a traditional trattoria located in a small alley close to the casino.

4. Pay attention to the fees at the restaurant.
The final price of your meal isn’t in the menu. If you eat your meal outdoors you will pay a terrace fee and if you eat your meal inside you will pay an air conditioning fee.
Just keep in mind only a few places have the prices already include all the feeds in the menu.

5. Invest in location.
Large chain hotels are usually more expensive than smaller hotels in Italy. You may save quite a bit of money opting for a more traditional hotel or a guest-house.
The small family-run hotels are my favorite places to stay in Italy, not only it is more likely to get the true Italian charm and coziness, but also the staff is usually much more helpful.
Make sure to double check the location of the hotel before you make your reservation. You may find a great deal in a beautiful hotel, but if it is too far away from the sites, you might end up spending more money on taxis and most importantly, you will end up spending a lot of time commuting.

If you have any other suggestion on how to save more money in Venice, comment bellow and let me know.

[PT]

1. Viaja fora de época.
Em primeiro lugar, aconcelho a escolher com algum cuidado a época do ano em que vais viajar para Veneza.
Não só os voos e hotéis são mais caros em julho e agosto, mas as ruas também se concontram lotadas de pessoas (acreditem em mim que pude presenciar Veneza em agosto)
Também não foi fácil conseguir um quarto dentro da cidade de Veneza 2 meses antes da viagem. Portanto, certifiquem-se que fazem todas as reservas com antecedência se quiserem visitar a cidade durante o verão.

2. Compra um passe de barco para 2 dias.
Existem apenas duas formas de te movimentares dentro de Veneza: de barco ou a pé.
Embora se passe muito tempo a caminhar, vai dar imenso jeito poder ir de barco a qualquer hora para o hotel ou a algum lugar que se queira visitar que fique mais fora de mão.
Este passe dá-te acesso às ilhas de Murano e Burano, que valem imenso a pena visitar.
As gôndolas são lindas e são sem dúvida uma experiência única que não existe noutro lugar do mundo, mas tem em mente que vais pagar 80 € por um passeio que dura menos de uma hora, e o custo deste passeio sobe após o pôr do sol.
A boa notícia é que também podes apreciar a beleza dos canais enquanto andas no barco-metro (vou chamar-lhe assim) seja para ir para algum sítio programado ou pura e simplesmente para dar um passeio sem destino apenas com o intuito de apreciar as maravilhas de Veneza.

3. Pensa duas vezes antes de fazer uma refeição completa em zonas turísticas em Veneza.
Não podemos culpar os proprietários por praticar preços altos porque eles também precisam de pagar o aluguer do espaço, no entanto tu não precisas de comer sempre com vista para o Grande Canal.
É em lugares menos vistosos que vais encontrar preços mais baixos e menos turistas. Vais também encontrar algo mais parecido com uma autêntica refeição veneziana. Para ser sincera, a melhor massa que eu comi na minha vida foi em numa tratoria tradicional veneziana localizada num pequeno beco perto do casino.

4. Presta atenção às taxas no restaurante.
O preço final da refeição não está no menu. Se comeres as refeições na rua, vais pagar uma taxa de esplanada e se comeres a tua refeição dentro do restaurante, vais pagar uma taxa de ar condicionado.
Aconselho que tenhas em mente que apenas alguns lugares dizem no menu que os preços já incluem todos as taxas.

5. Inviste na localização.
Hotéis de grandes cadeias são geralmente mais caros do que hotéis mais pequenos em Itália.
Poderás portanto economizar um pouco de dinheiro optando por um hotel mais tradicional ou uma guest-house.
Os pequenos hotéis de gerência familiar são os meus lugares favoritos para ficar na Itália, não só é mais provável que encontres o verdadeiro charme e aconchego italiano, mas também o staff é geralmente muito mais prestável.

Não te esqueças de verificar novamente a localização do hotel antes de fazeres a  tua reserva. Podes encontrar um ótimo negócio num hotel lindo, mas se ele estiver longe dos locais que queres visitar, vais acabar por gastar mais tempo e dinheiro em táxis e.

Se tiveres mais alguma sugestão acerca de poupança de dinheiro quando se viaja para Itália, partilha comigo nos comentários.

2 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *